A+ / A-
França

Elevado nível de segurança em mais um sábado de "coletes amarelos"

12 jan, 2019 - 12:03 • Redação com Lusa

As manifestações decorrem em várias cidades francesas.
A+ / A-

O primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, anunciou que as manifestações que o movimento "coletes amarelos" pretende realizar este sábado, em várias cidades francesas, será controlado por um forte dispositivo de segurança. A decisão foi tomada tendo em conta o nível de violência registado no passado fim de semana.

Cerca de 80 mil polícias e agentes dos serviços de segurança foram mobilizados por toda a França. O mesmo ocorreu em meados de dezembro.

Édouard Philippe já prometeu que os manifestantes violentos "não vão ter a última palavra" e avança que foi decidido interditar o acesso dos participantes violentos identificados às manifestações.

Desde o início dos protestos, a 17 de novembro, já foram condenadas cerca de mil pessoas.

Este é o nono sábado de mobilização nacional em França contra o aumento dos combustíveis, por uma taxação mais justa e contra a queda do poder de compra. A Torre Eiffel estará fechada, assim como uma dezena de museus em Paris, de forma a protegê-los de eventual violência por parte dos manifestantes.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.