A+ / A-

Cardeal patriarca elogia novo bispo do Funchal

12 jan, 2019 - 11:01 • Ângela Roque

D. Manuel Clemente saúda nomeação de D. Nuno Brás, a quem agradece trabalho realizado em Lisboa, onde era bispo auxiliar desde 2011.
A+ / A-

“D. Nuno Brás merece toda a nossa gratidão pelo trabalho que realizou, especialmente como formador e reitor do Seminário dos Olivais e bispo auxiliar desde 2011”, escreve o cardeal patriarca na mensagem divulgada pelo Patriarcado de Lisboa assim que foi conhecida a sua nomeação pelo Papa.

“Em tudo manifestou grandes dotes de inteligência e qualidade pastoral, ganhando justamente a estima do Povo de Deus, especialmente dos que mais diretamente serviu”, considera D. Manuel Clemente, destacando “o acompanhamento às Vigararias, ao respetivo clero e paróquias, e as visitas pastorais”.

O cardeal afirma ainda que “a qualidade das suas intervenções e escritos na Voz da Verdade, e outras publicações, foram de grande pertinência para a nossa vida eclesial e cultural”, e não tem dúvidas de que “a Diocese do Funchal muito beneficiará com tantas qualidades comprovadas”, até porque “para boa parte do seu clero é já uma presença familiar, dado o conhecimento mútuo que têm desde o tempo de formação no Seminário dos Olivais, como colegas ou alunos”.

“D. Nuno Brás conta com a nossa muita estima e oração. Rezaremos por ele e pelo novo serviço que o Papa Francisco lhe pede”, escreve ainda D. Manuel Clemente.

D. Nuno Brás é o novo bispo do Funchal
D. Nuno Brás é o novo bispo do Funchal
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.