A+ / A-

​Canadá concede asilo a jovem saudita em fuga

11 jan, 2019 - 22:04 • Redação

Rahaf Mohammed al-Qunun acusa a famíia de maus-tratos e escapou para a Tailândia, onde ficou a cargo da ONU. Agora, vai viver para o Canadá.
A+ / A-
Canadá concede asilo a jovem saudita em fuga. "É algo que fazemos com agrado"
Canadá concede asilo a jovem saudita em fuga. "É algo que fazemos com agrado"

O Canadá concedeu asilo a uma jovem saudita que protagonizou uma espetacular fuga à família, por recear estar em perigo de vida.

O anúncio foi feito esta sexta-feira pelo primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau.

Rahaf Mohammed al-Qunun, de 18 anos, que estava retida na Tailândia à espera de uma decisão, já está num voo a caminho do Canadá e chega ao país no sábado.

Justin Trudeau disse aos jornalistas que aceitou o pedido do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) para conceder asilo à jovem saudita.

"O Canadá é um país que entende o quão importante é defender os direitos humanos, defender os direitos das mulheres no mundo, e posso confirmar que aceitámos o pedido da ONU”, declarou o chefe do Governo de Otava.

Rahaf al-Qunun acusa a família de maus-tratos e recusou encontrar-se com o pai e o irmão, que se deslocaram à Tailândia para a levar de volta para a Arábia Saudita.

Jovem saudita fugiu da família e barricou-se num quarto de hotel para conseguir asilo
Jovem saudita fugiu da família e barricou-se num quarto de hotel para conseguir asilo
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Anónimo
    11 jan, 2019 23:20
    O Canadá mais uma vez a dar o exemplo. Ao contrário dos EUA do criminoso Trump que se ajoelha perante os jihadistas da Arábia Saudita.