A+ / A-
alandroal

​Morreu idoso que disparou contra si após matar mulher e cunhada

11 jan, 2019 - 20:50

Homem de 83 anos matou os familiares e suicidou-se. Crime acontecue em Alandroal, no distrito de Évora.
A+ / A-

O idoso que esta sexta-feira matou a mulher e uma cunhada, com tiros de pistola, e se tentou suicidar, em Alandroal, no distrito de Évora, acabou por morrer no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, disse à agência Lusa fonte policial.

De acordo com a mesma fonte, o homem, de 83 anos, ainda foi transportado, em estado grave, num helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) para o hospital lisboeta, onde acabou por morrer no bloco operatório.

O idoso matou a mulher, de 83 anos, e uma irmã desta, também na casa dos 80 anos, com tiros de uma pistola, e disparou depois contra si próprio, com a mesma arma de fogo, como forma de cometer suicídio, num monte perto de Terena, no concelho de Alandroal, distrito de Évora, relataram à Lusa fontes policiais.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.