A+ / A-

Samuel Úria faz "Marcha atroz" ao vivo em março

11 jan, 2019 - 12:40

Estão agendados cinco concertos em Lisboa e no Porto.
A+ / A-

O músico português Samuel Úria prepara, para março, cinco concertos em Lisboa e no Porto aos quais chamou "Marcha atroz".

De 13 a 15 de março, o músico apresentar-se-á no Auditório Carlos Paredes, em Lisboa, e nos dias 21 e 22 desse mês no Passos Manuel, no Porto. Em palco, estará acompanhado apenas pelo teclista Miguel Ferreira.

Samuel Úria lançou "Marcha atroz" em outubro passado, com quatro músicas inéditas destinadas a celebrarem aquilo que o músico já fez até então. O miniálbum foi editado juntamente com uma reedição em vinil dos três últimos álbuns de originais.

É esse miniálbum, com as canções "Ferrugem", "Fusão", "Mãos" e "Vem de novo", que Samuel Úria coloca agora em palco, acrescentando-lhes os temas mais antigos.

"Tem, portanto, qualquer coisa paradoxal: ser um conjunto de canções inéditas mas que servem de retrospetiva. Está aí a locomoção atroz, uma viagem no tempo em passo de marcha", afirmou Samuel Úria em outubro passado, quando saiu "Marcha atroz".

O artista, musicalmente nascido em águas do rock, dos blues, da folk portuguesa e americana, editou os álbuns "Nem lhe tocava" (2009), "Grande medo do pequeno mundo" (2013) e "Carga de ombro" (2016).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.