A+ / A-

​Volvo V60 – Conforto a toda a prova

10 jan, 2019 - 18:26 • José Carlos Silva

Esta é uma das duas apostas da Volvo ao Troféu Essilor carro do ano.

A+ / A-

A marca nascida na Suécia tem, porventura, dos carros mais bonitos da atualidade. Linhas simples dão corpo a uma carrinha esteticamente muito equilibrada a guardar um motor de 190 cavalos.

O interior é espaçoso, e à frente, é praticamente impossível não encontrar a posição de condução ideal, tal a quantidade de regulações ao dispor, pelo menos na versão Inscription que ensaiámos.

A marca opta pela sobriedade, com inserções semelhantes a madeira no tablier e nas persianas que tapam a consola central que fica entre a caixa de velocidades e o apoio do braço.

Os bancos traseiros são adequados para três adultos, muito confortáveis, embora algo baixos para crianças ou pessoas de baixa estatura.

O preço base, da V60 Inscription é de 53.119€. Tratando-se de um Volvo, o manancial de extras eleva o conforto e a segurança a níveis superiores, assim a bolsa o deseje. A versão testada inclui 8 packs no valor de quase 11 mil euros, e seis opcionais de mais 3.785 euros.

A bagageira é espaçosa, e amiga dos consumidores, uma vez que apresenta ganchos para encaixar pelo menos 4 sacos.

A rolar, não se nota que estamos perante uma viatura de mais de 2.200 quilos. Os consumos não são penalizados, sendo que a média do depósito que despejámos, ficou abaixo dos 7 litros, numa condução maioritariamente em autoestrada e estrada e sem grandes restrições.

Ainda assim, valores algo distantes dos anunciados pela marca.

É um motor ágil, suave, acompanhado por uma caixa automática Geartronic de 8 velocidades igualmente sem reparos.

Concorre na categoria de familiar do ano ao troféu Essilor Carro do Ano.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.