A+ / A-

Belenenses afunda Chaves

08 dez, 2018 - 18:09

Flavienses são (ainda) mais últimos.
A+ / A-

O Belenenses somou a segunda vitória seguida na I Liga de futebol, ao derrotar o Desportivo de Chaves, último classificado, por 1-0, em jogo da 12.ª jornada.

Um golo de Licá, aos 40 minutos, garantiu o quarto triunfo aos 'azuis', que sobem provisoriamente ao sétimo lugar, com 18 pontos, à frente do Vitória de Setúbal (17), que recebe o Benfica, e do Moreirense (16), que joga no domingo com o Santa Clara.

O Desportivo de Chaves averbou a sexta derrota seguida e vai permanecer no último lugar com sete pontos, menos dois do que Feirense, Boavista e Tondela, que ainda não jogaram nesta ronda.

Silas (Treinador do Belenenses):

"Tivemos imensas oportunidades em superioridade numérica, mas não conseguimos marcar o segundo golo, mas a vitória acaba por ser justa.

Não faz sentido não olhar para cima [para os lugares europeus] e para as equipas que estão acima de nós. Entramos em todos os campos para ganhar e o mais normal é que estejamos a olhar para cima, faz todo o sentido".

Daniel Ramos (Treinador do Desportivo de Chaves):

"É difícil explicar alguns jogos, e não foi só neste que a equipa foi infeliz. Temos uma sensação amarga pela sequência de resultados, mas ao mesmo tempo uma sensação boa por termos qualidade e sermos iguais aos outros. Hoje, voltámos a ter bolas no poste, oportunidades falhadas, e é uma situação ingrata. Mas não acredito que isto dure muito mais. Acredito que vamos ser felizes, pois existe trabalho, união, e o que está a acontecer é uma anormalidade.

Como treinador sinto uma tristeza grande, por mim, pelo clube e pelos jogadores, porque sei que a nossa posição não é nada condizente com as exibições que temos feito. Hoje fizemos uma grande primeira parte, grande controlo, e um lance fortuito resulta no golo do Belenenses. Na segunda parte partimos o jogo, assumimos um risco maior, mas novamente com infelicidade à mistura. Devia ter sido um resultado diferente e nunca uma derrota".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.