A+ / A-

Borussia de Dortmund continua a liderar na Alemanha e Bayern já espreita segundo lugar

08 dez, 2018 - 16:50

Nove pontos de distância entre os dois mantêm-se.
A+ / A-

O Borussia de Dortmund venceu 2-1, na visita ao Schalke 04, enquanto o Bayern Munique subiu provisoriamente a segundo, à 14.ª jornada do campeonato de futebol da Alemanha.

Em casa de um dos rivais do FC Porto na Liga dos Campeões, o líder da 'Bundesliga' adiantou-se aos sete minutos com desvio de cabeça do médio dinamarquês Thomas Delaney, porém, aos 61, Daniel Caligiuri empatou, de penálti, assinalado pelo videoárbitro.

Raphael Guerreiro entrou em jogo apenas no minuto imediato à igualdade, sendo decisivo na tabela com o jovem britânico Jadon Sancho (74) que faria o 2-1 final.

O Bayern Munique, que integrou a 'poule' do Benfica na 'champions', subiu momentaneamente dois lugares, ao segundo posto, aproveitando o deslize do Leipzig, por 3-0 em Friburgo, e o facto de o Borussia Moechengladbach apenas jogar no domingo, quando recebe o Estugarda.

O ponta de lança polaco Robert Lewandowski inaugurou o marcador, aos nove minutos, com desvio de cabeça e, aos 27, foi oportuno na recarga a um remate à trave: aos 56, o francês Franck Ribéry concluiu um lance de pressão e 'roubo' de bola no ataque.

O Dortmund soma 36 pontos, seguido de Bayern com 27, Borussia Moechengladbach com 26 e Leipzig com 25. O Eintracht Frankfurt de Francisco Geraldes e Gonçalo Paciência tem 23 e visita ainda hoje o Hertha Berlim.

Sem Bruma, o Leipzig caiu no recinto do Friburgo, com tentos de Petersen (12), penálti de Waldschmidt (45+1) e Frantz (52).

O Bayer Leverkusen venceu o Augsburgo por 1-0 e o Wolfsburgo empatou 2-2 com o Hoffenheim.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.