A+ / A-

Humor e música no discurso do ministro da Cultura na Austrália

07 dez, 2018 - 18:31

“Sound of Silence” serviu de inspiração para David Templeman.
A+ / A-

O ministro da Cultura da Austrália Ocidental aproveitou o seu discurso no Parlamento regional para provocar risos e alguma diversão.

Quando chegou a sua vez de falar, David Templeman brindou os presentes com uma versão do “Sound of Silence” de Simon e Garfunkle, em que elencou os “altos e baixos” do ano que termina.

O discurso cantado foi muito bem recebido pelos deputados, a julgar pelos momentos de riso e os aplausos no final.

Dirigindo-se ao Presidente do Parlamento, ou “Speaker”, em inglês, Templeman falou entre outras coisas dos deputados que “ouvem sem escutar”, que “falam sem nada dizer” e fazem discursos “que ninguém alguma vez ouve, e ninguém quer saber”.

No final o ministro convida o Speaker a arranjar marisco e espumante e para todos os deputados formarem uma fila, enquanto deseja um Feliz Natal a todos os presentes.

Este gesto não foi inédito. O ministro regional da Cultura já tinha cantado o seu discurso em 2017.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.