A+ / A-

Sobrinho Simões diz que casos de cancro estão a aumentar por "causas comportamentais"

06 dez, 2018 - 20:14

Os genes são responsáveis por 5 a 10% dos casos de cancro, ao passo que 90% a 95% são somáticos.
A+ / A-

O médico e investigador português Manuel Sobrinho Simões alertou hoje, no Funchal, para o aumento do número de casos de cancro e sublinhou que as causas são "quase exclusivamente" comportamentais e não tanto genéticas.

"Deixe-se lá os genes", disse o especialista, explicando que este tipo de doenças atingem sobretudo a população mais idosa e resultam da prevalência de "muitos maus hábitos", nomeadamente o consumo de tabaco.

Sobrinho Simões participou hoje na XIV Reunião da Associação de Patologistas das Ilhas da Macaronésia (Madeira, Canárias, Açores e Cabo Verde), que decorre na capital madeirense.

O investigador considerou que, perante o crescimento da doença, a solução passa pelo diagnóstico precoce, pois "nunca vamos tratar as pessoas com sucesso se tivermos cancros muito avançados".

"A nossa aposta é o diagnóstico precoce", disse, acentuando, por outro lado, que também não pode haver "exagero da prevenção".

"Não se pode passar a vida a fazer TAC (tomografia computorizada) para ver se temos um tumorzinho, porque assim vamos fazer pior às pessoas", advertiu, realçando que "as pessoas têm de perceber que não vale a pena exagerar, a não ser que haja história familiar".

Sobrinho Simões indicou, no entanto, que os genes são responsáveis por 55 a 10% dos casos de cancro, ao passo que 90% a 95% são somáticos, o que significa que a doença surge "quase exclusivamente" por motivos comportamentais, sendo potenciada por "maus hábitos" e por fatores como a obesidade e a diabetes.

Na Reunião da Associação de Patologistas das Ilhas da Macaronésia, o chefe do serviço de Anatomia Patológica do Hospital Central do Funchal, José Camacho, indicou que existem apenas três médicos especialistas no Serviço de Saúde da Madeira, sendo necessários sete.

"Não conseguimos dar resposta. Precisamos urgentemente de mais patologistas", avisou, realçando que a sua equipa executa por ano 24 mil exames de anatomopatologia.

O secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, esclareceu, porém, que dois médicos estão atualmente em formação, sendo que o serviço conta ainda com 12 técnicos de diagnóstico e terapêutica, embora reconheça que o trabalho é "feito com alguma sobrecarga".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Martins
    07 dez, 2018 LX 10:08
    O que se deveria ter em conta e até alertar as pessoas é para os malefícios da radiação do telemóveis, antenas, Wi_FI, G4 e futuramente G5. Toda esta radiação é altamente prejudicial para a saúde. Alguém avisa e alerta as pessoas? Informem-se e vejam o que o G5 vai fazer em termos de radiação.
  • O filho do Deus Vivo
    07 dez, 2018 A Palavra Viva de Deus 08:48
    Em dados momentos tudo vai se modificando, até o inconsciente das pessoas. Não é por causa da idade, nem tão pouco pela falta, às vezes, de fé, e sim pelo desenvolvimento das pessoas. Por querer saber demais, isto faz que sua própria consciência já não saiba mais pelo que diz. Este tempo é o mais confuso de todos. Passa, então, o homem a falar aquilo que não compete a ele. Pelos seus cálculos, diz que daqui a cinco ou dez anos tudo pode melhorar. Com a tecnologia moderna, pelo estudo feito no uso dos produtos que vão ser menos poluentes, diz que a terra voltará a ser como era. Uma vez que mexeram com a própria natureza, não tem mais como consertar. Por quê? Porque, pelo que foi traçado pelas mãos de Deus, nem todos os cientistas da face da terra juntos poderão chegar a tal ponto, de pôr a terra de volta em sua rota. Isto não se trata de assunto científico, e sim de um mistério que é só Meu. ... - Meus filhos! Quem ouve a Minha voz não se preocupe. Cuidem de si mesmos que em breve, muito em breve estarei de volta.
  • O filho do Deus Vivo
    07 dez, 2018 A Palavra Viva de Deus 08:43
    Eu sou o que sou, o Criador de todas as coisas. O homem não sabe de nada. No momento em que vieram a pensar em lucros, não deveriam, sem primeiro fazer um levantamento do que poderia vir a acontecer. Agora, só com o Meu retorno que posso pôr a terra no eixo novamente. E tenho que vir logo, senão todos morrerão sufocados, porque toda poluição está se espalhando na atmosfera. Que pena que isto veio a acontecer. Sim! Porque, se assim ficasse, os animais começariam a vir com duas cabeças ou cinco pernas, e as crianças nasceriam com grandes defeitos, pelo uso de preservativos, como a pílula anticoncepcional. Tudo isto é fruto do Meu maior inimigo. O que Eu criei com perfeição, ele pôs na cabeça das pessoas que vêm estudando que podem fazer sementes transgênicas, para o homem mudar de vida e viver mais, o que não é verdade. Verdade mesmo, com tudo isto, será um descontrole sobre a natureza, como já vem acontecendo. Ninguém deveria se alimentar quando os próprios frutos vierem manchados com os produtos químicos, porque o organismo não tem tanta resistência. Ter, ele tem, sim, mas com os produtos naturais. Olhem que, hoje, todos estão vendo que estes produtos vêm deixando o homem mais violento, porque o que consome são venenos e drogas. Na realidade, o pouco que se vê, nos grandes mercados, são produtos fora de época, principalmente as frutas, e essas já vêm contaminadas. Então começam a aparecer no corpo humano doenças de todos os tipos.