A+ / A-

Bas Dost: "Sem Jorge Jesus, eu nunca teria jogado no Sporting"

06 dez, 2018 - 14:25

Avançado revela que o treinador "fez tudo" para levá-lo para Alvalade. Bas Dost gosta da nova ideia de jogo do Sporting.
A+ / A-

Bas Dost atribui a Jorge Jesus o mérito de ter assinado pelo Sporting. Em entrevista à Sporting TV, o ponta-de-lança holandês admite que, se não fosse o treinador, nunca teria chegado a vestir de verde e branco.

"O Jorge Jesus queria tanto que eu viesse naquela altura que fez tudo para conseguir. Se ele não estivesse aqui naquele momento, eu nunca teria jogado pelo Sporting. Foi muito importante para a minha carreira naquele ponto. Ainda bem que ele estava aqui, não quereria perder esta oportunidade por nada", afirma o avançado.

Bas Dost recorda que "não fazia a mínima ideia" do que esperar em Portugal, mas que gostou "desde o primeiro momento". No Sporting, aprecia o facto de serem todos "uma família", mesmo face à adversidade.

"Todos aqueles que trabalham no clube sabem que é um grupo, é uma família, aconteça o que acontecer. É verdade que no passado aconteceram coisas más, mas temos de seguir em frente. O Sporting é um clube com pessoas que lhe são muito dedicadas. Quando cheguei, senti imediatamente que fazia parte dessa família. Estou feliz por esta oportunidade", assegura.

O atacante holandês está encantado com as ideias de Marcel Keizer, novo treinador dos leões. Para Bas Dost, "neste momento, é um prazer" jogar na equipa do Sporting "e isso vê-se": "Todos estão muito felizes."

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.