A+ / A-

Luís Filipe Vieira teve um "feeling". "Rui Vitória continuará a ser nosso treinador"

29 nov, 2018 - 20:06 • Carlos Calaveiras

Presidente do Benfica confirma que Vitória esteve praticamente demitido, mas que teve um "feeling" durante a noite e decidiu manter o treinador.
A+ / A-

O presidente do Benfica garante que Rui Vitória “continuará a ser nosso treinador”. Apesar disso, Luís Filipe Vieira confirma que o técnico chegou a estar praticamente demitido, mas que mudou de ideias durante a noite.

“Não vou esconder que ainda ontem [quarta-feira] falámos na possibilidade de ele [Rui Vitória] sair. Ontem saí daqui com determinado compromisso, mas tive um ‘feeling’, uma luz”, referiu.

Em conferência de imprensa, Luís Filipe Vieira admite que a direção dos encarnados discutiu a continuidade do treinador. “Praticamente havia uma decisão tomada”.

“A responsabilidade assenta em mim, entendi que [Rui Vitória] devia continuar. Continuo a pensar que é o homem certo no lugar certo”, acrescentou. “Perguntei-lhe se estava motivado”, diz Vieira sobre reunião com Vitória, na manhã desta quinta-feira. "É um treinador comprometido com o projeto do Benfica".

Vieira lembrou a situação de Jorge Jesus que também esteve com os “dois pés” fora do Benfica e foi ele – Luís Filipe Vieira – a decidir “a continuidade”.

O líder do Benfica admite que existe "descontentamento" de sócios e adeptos face aos resultados desportivos da equipa de futebol, mas vincou que "a conquista de todos os títulos em Portugal está em aberto". Lembrou, ainda, que “os dois treinadores dos últimos 10 anos venceram 16 títulos no Benfica”.

“O Benfica está a trabalhar, temos plantel suficiente para a reconquista, acreditamos que temos capacidade para ganhar. Será treinador até final da época, a não ser que haja um imprevisto”. Esta nova posição altera o que tinha dito há poucas semanas na TVI em que garantiu que o técnico continuaria até final do contrato,

O presidente do clube confirmou que Rui Vitória disse que não queria indemnização, caso fosse demitido, e acrescenta que o técnico até recusou uma proposta milionária para continuar na Luz.

O líder encarnado não colocou todas as culpas para os maus resultados em Rui Vitória. "É preciso jogar à Benfica, correr, não pode ser lento, lento", deixando uma indireta aos atletas.

Perante os jornalistas, o presidente do Benfica reforça que “Jorge Jesus nunca foi contactado”.

Apesar disso, Luís Filipe Vieira confirma que “alguns nomes [de treinadores] que surgiram foram falados, mas nunca houve contactos”.

Rui Vitória assinou pelo Benfica em 2015, após quatro temporadas ao serviço do Vitória de Guimarães. Na Luz, conquistou dois campeonatos, uma Taça de Portugal, uma Taça da Liga e duas Supertaças.

O Benfica, que foi segundo classificado da I Liga época passada, atrás do FC Porto ocupa atualmente o quarto lugar do campeonato, com 20 pontos, menos quatro do que os 'dragões', que lideram à frente de Sporting e Sporting de Braga.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • 29 nov, 2018 23:06
    Foi ELE que DISSE " A RESPONSABILIDADE ASSENTA EM MIM ". Como " muito ignorante " que sou ou talvez não, posso perguntar? SÓ NISTO?
  • Juíz Vermelho
    29 nov, 2018 Catedral da Luz 20:59
    Se dúvidas havia, elas ficaram dissipadas com esta pseudo-entrevista: esqueçam Rui "Derrota", quem temos de demitir primeiro é Luís Filipe Vieira o auto-proclamado presidente vitalício do SLB. Venha uma lista credível, de gente que não se deixe comprar e saiba lidar com os bloggers arregimentados e com as casas do Luís Filipe Vieira, perdão, com as casas do Benfica, que antes de serem do Benfica, são do Luís Filipe Vieira.