A+ / A-

​Rio "já disse tudo" sobre as falsas presenças no Parlamento. "Até em alemão..."

23 nov, 2018 - 01:14

Questionado sobre o caso de mais dois deputados, o líder do PSD respondeu que nem era presidente do partido nessa altura.
A+ / A-

O líder do PSD, Rui Rio, diz que não tem mais nada a dizer sobre o caso das falsas presenças na Assembleia da República de pelo menos três deputados do partido.

“Tudo o que eu tinha a dizer sobre isso já disse. Até já disse em alemão, que fará em português”, disse Rui Rio aos jornalistas, esta quinta-feira, em Castelo Branco.

O líder do PSD comentou assim o anúncio da abertura de um inquérito-crime pelo Ministério Público ao secretário-geral social-democrata, José Silvano, no âmbito do caso das falsas presenças no Parlamento.

“O dr. José Silvano já respondeu e disse tudo o que tinha a dizer. A minha opinião é a mesma que o dr. José Silvano disse. Ele pediu há três semanas justamente isso: se há dúvida a Procuradoria-Geral da República que abra um inquérito, foi o que fez", frisou.

Questionado sobre o caso de mais dois deputados, avançado esta quinta-feira pelo jornal Observador, Rui Rio respondeu que nem era presidente do partido nessa altura.

“Isso foi uma coisa que foi para aí há dois anos. Eu nem sequer era líder do partido, não sou deputado. Não é um assunto diretamente comigo”, declarou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.