A+ / A-
Seleção Nacional

O empate basta, mas Rúben Neves só pensa na vitória sobre a Itália

13 nov, 2018 - 10:05

O médio do Wolverhampton admite que o facto de ter muitos minutos no clube o ajuda a ser chamado à seleção nacional.
A+ / A-

Rúben Neves garantiu, esta terça-feira, que o facto de bastar a Portugal um ponto para passar à "final four" da Liga das Nações não tirará ambição: a seleção nacional quer derrotar a Itália, em Milão.

"Entramos em todos os jogos para ganhar e agora, mesmo sabendo que basta um ponto [para chegar à 'final four'], vamos entrar de igual forma e desde o início procurar a vitória. Entramos da mesma forma em todos os jogos. Vamos encarar o jogo da Itália para ganhar, sabemos que isso nos dará o apuramento para a 'final four'", afirmou o médio do Wolverhampton, em conferência de imprensa na Cidade do Futebol.

Esta convocatória marcou o regresso de três campeões europeus: João Mário, José Fonte e Raphael Guerreiro. Seriam quatro, se André Gomes não se tivesse lesionado. Rúben Neves admitiu que "é muito importante" ter elementos assim na seleção, uma vez que "dão mais experiência".

Concorrência não assusta: motiva

Rúben Neves compete por um posto com Danilo Pereira e William Carvalho, no entanto, garante que a competição entre os três é saudável. "Felizmente temos um leque muito vasto de excelentes jogadores. Todos queremos o mesmo para a seleção", sublinhou o jogador de 21 anos.

O médio tem sido titular indiscutível no Wolverhampton, o que "é sempre importante", porque dá "experiência e estofo para ser chamado". Rúben não se sentiu injustiçado por não ter ido ao Mundial 2018:

"Estava preparado para tudo, fosse chamado ou não fosse. O mister escolheu os que achou melhor para o Mundial. Fiquei super tranquilo. Cabia-me trabalhar e esperar por oportunidade para depois aproveitá-la da melhor forma. Felizmente tenho tido muitos minutos. Vou continuar a trabalhar para aproveitar todas as oportunidades que me surja".

O Itália-Portugal joga-se no sábado, às 19h45, no San Siro, em Milão. Terá relato na Renascença e acompanhamento, ao minuto, em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.