A+ / A-

Recrutamento de 116 trabalhadores não policiais para SEF

08 nov, 2018 - 19:41

A novidade foi deixada por Eduardo Cabrita.
A+ / A-

O ministro da Administração Interna anunciou um recrutamento excecional de 116 trabalhadores não policiais para o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras para tratarem "dos atrasos acumulados" relacionados com os imigrantes.

O recrutamento de pessoal da carreira não inspetiva para o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras foi avançado por Eduardo Cabrita na Assembleia da República durante a discussão na especialidade da proposta de Orçamento do Estado para 2019.

Em resposta à deputada do Bloco de Esquerda Sandra Cunha, o governante afirmou que "está prevista a contratação de 116 trabalhadores para recuperar aquilo que são os atrasos".

"Modificamos a lei relativamente à forma de tratamento de imigrantes, alteramos tecnologicamente a possibilidade de agendamento e estamos a preparar um recrutamento excecional para permitir, sobretudo na área de Lisboa, eliminar atrasos acumulados", disse.

Eduardo Cabrita afirmou ainda que o número de inspetores no SEF será reforçado no próximo ano com a conclusão "do primeiro recrutamento externo desde 2005".

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.