A+ / A-

Tecnologia tem que ser "para nós e não contra nós, como consumidores"

07 nov, 2018 - 13:08 • Cristina Nascimento

A Comissária Europeia para a Concorrência, Margrethe Vestager, esteve no Palco Central da Web Summit. Vestager defende uma inovação “que não contorne as regras”.
A+ / A-

A Comissária Europeia para a Concorrência, Margrethe Vestager, defende mais proteção dos consumidores e cidadãos que utilizam as novas tecnologias.

No palco central da Web Summit, Margrethe defendeu o papel da tecnologia, reconhecendo o seu potencial para ajudar à vida da sociedade e em sociedade, mas exigiu garantias de proteção. “Temos de poder confiar na tecnologia, que é para nós e não contra nós como consumidores”, disse.

Vestager reconheceu que os utilizadores já viram os seus dados “a serem roubados e usados indevidamente”. “Precisamos de mais. Precisamos de proteger valores fundamentais. Precisamos de proteger a nossa privacidade”, ressalvou a comissária Europeia.

“É verdade que o mundo digital vive de inovação e é verdade que se consegue inovar sem regras, mas a inovação que queremos não é a que e a conseguida através da ultrapassagem de regras”, sublinhou Vestager.

A comissária começou a sua apresentação manifestando o seu agrado por estar em Lisboa mas ainda mais por estar na Web Summit. “Este é o lugar onde o futuro toma forma”, disse.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.