A+ / A-
FC Porto

Sérgio: "Vitória não deixa dúvidas a ninguém"

06 nov, 2018 - 22:26

O treinador do FC Porto admite que teve de corrigir alguns comportamentos defensivos da sua equipa e adota um discurso cauteloso, no que toca à passagem aos "oitavos".
A+ / A-

Sérgio Conceição considera que a vitória do FC Porto sobre o Lokomotiv Moscovo, por 4-1, foi totalmente merecida. Os dragões estão a um ponto dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, mas o treinador é cauteloso.

"Vitória merecida. Primeira parte boa, ganhávamos 2-0 ao intervalo. Do ponto de vista defensivo devíamos ter tido mais equilíbrio, mais atenção aos homens no espaço morto. Iniciámos a segunda parte com reação natural [do Lokomotiv]. A substituição foi inteligente, Farfán deu maior poder ao Lokomotiv. A reação culminou com um golo, mas antes o Corona tinha mandado uma bola ao poste. Depois, o Corona marcou e acabou com o jogo. Foi uma vitória justíssima", sublinhou o técnico portista, no final da partida, em declarações à Eleven Sports.

Sérgio confirmou que não ficou contente com alguns aspetos defensivos e que, ao intervalo, falou com Felipe e Éder Militão para falarem com Danilo, Óliver e o lateral que não se envolvesse no ataque para estancar os contra-ataques russos: "O Miranchuk tentava ficar nas costas do Danilo e dava para os avançados, que ficavam soltos em zona de marcação. Podíamos e devíamos melhorar esse ponto, foi isso que aconteceu na segunda parte, apesar da reação natural do Lokomotiv nos primeiros 15 minutos. A vitória não deixa dúvidas a ninguém".

O timoneiro azul e branco não deixou de falar sobre Herrera, que regressou à titularidade. "No jogo na Rússia, ele teve uma entorse no joelho e praticamente não tem treinado, tem feito tratamento. Tinha de decidir por um jogo, o da Madeira [frente ao Marítimo] ou este. Pelas condições climatéricas de hoje no jogo, era importante o impacto físico e optei pelo Herrera, em quem tenho total confiança", realçou o treinador.

O FC Porto está a um ponto dos "oitavos". Na receção ao Schalke, basta aos dragões empatar, para passarem à fase seguinte. Sérgio foi prudente.

"Vamos lutar pelos três pontos no próximo jogo, que coincide com a passagem aos 'oitavos'. Mas não estamos lá. Penso que na época do Lopetegui, com dez pontos, não passou aos 'oitavos'. Temos de estar alerta. Foi bom, ganhámos, temos três pontos. Agora, temos de pensar no jogo muito complicado com o Braga", projetou o técnico portista.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.