A+ / A-

Metro de Lisboa. Desconvocadas as greves parciais marcadas para terça e quinta-feira

05 nov, 2018 - 15:33

“Não sendo o acordo ideal, vai de encontro a algumas pretensões dos trabalhadores", justifica o Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes.
A+ / A-

Foram desconvocadas as greves parciais marcadas para terça e quinta-feira, no Metropolitano de Lisboa. A decisão foi tomada após uma reunião da Administração com os sindicatos.

“Ontem [domingo] recebemos uma proposta do Conselho de Administração em relação às negociações que estavam a decorrer. A proposta foi hoje sufragada em plenário geral de trabalhadores e, apesar de não ir de encontro à totalidade das pretensões dos trabalhadores, foi aprovada pelos mesmo e dá azo a que se desconvoquem as greves que estavam anunciadas para 6 e 8 deste mês”, disse à agência Lusa Nuno Fonseca, do Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes.

Segundo o sindicalista, o acordo aceite pelos trabalhadores “visa a paz social nos próximos meses”, descartando haver em cima da mesa “negociações ou reivindicações”.

“Não sendo o acordo ideal, vai de encontro a algumas pretensões dos trabalhadores e neste momento não se avizinha mais nada, nem protestos, nem formas de luta”, frisou.

O sindicalista escusou-se a revelar detalhes do acordo entre o Conselho de Administração do Metropolitano de Lisboa e o Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes.

No último protesto, a 18 de outubro, os trabalhadores do metro estavam contra a discordância com a proposta de atualização salarial plurianual de 24,50 euros para os anos de 2018 e 2019, apresentada então aos representantes sindicais pelo conselho de administração.

A 18 de outubro, os trabalhadores do Metro agendaram um novo protesto para dia 6 de novembro, dia em que têm início as palestras na cimeira tecnológica, de inovação e empreendedorismo Web Summit, em Lisboa.

A cimeira nasceu em 2010 na Irlanda e mudou-se em 2016 para Lisboa, devendo permanecer até 2028 no Altice Arena (antigo Meo Arena) e na Feira Internacional de Lisboa (FIL), decorrendo entre hoje e quinta-feira.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.