A+ / A-
Benfica

Gaspar Ramos acredita que Vieira segurará Vitória pelo menos até ao fim da época

02 nov, 2018 - 12:45

O antigo chefe do departamento de futebol do Benfica deixa entender que o plantel não é tão forte como se diz e que os reforços continuam sem render aquilo que era esperado.
A+ / A-

Gaspar Ramos considera que os dias complicados que o Benfica vive, devido a resultados pouco animadores, não mereciam ter sido dominados pelas críticas a Rui Vitória. O antigo chefe do departamento de futebol encarnado sustenta, em declarações a Bola Branca, que o treinador tem ainda muita margem pelo passado de sucesso.

Luís Filipe Vieira segurou o treinador e protegeu-o da contestação. Gaspar Ramos vê, por isso, um Benfica unido em prol de um bem maior: "O Benfica está unido e isso é fundamental para atingir o objetivo que é comum a todos. Todos nós conhecemos o presidente, sabemos qual é a ideia dele. Portanto, acho que mesmo que [a saída] remotamente possa acontecer, até ao fim da época, Rui Vitória ficará certamente no Benfica".

Gaspar Ramos deixa entender que as contratações para esta época continuam sem render aquilo que era esperado. "Rui Vitória tem feito um excelente trabalho. O plantel do Benfica não é assim tão forte como dizem. Muita gente fala que o Benfica se reforçou. O Benfica comprou jogadores, mas a verdade é que não estão a produzir e a equipa no fundo praticamente não foi reforçada. Foi reforçada internamente, um Gedson que apareceu muito bem, um Pizzi que subiu relativamente à época passada e que está muito bem, o Salvio também", sublinha.

Uma coisa é certa: Gaspar Ramos vê um Benfica com armas suficientes para ser campeão. Quanto à Liga dos Campeões, muda de figura: "O Benfica tem equipa para poder ganhar o campeonato. Disso não tenho dúvida nenhuma. No plano da Europa, tenho mais algumas dúvidas".

Contra o Moreirense, inverter o rumo

Frente ao Moreirense, 12.º classificado do campeonato, é vencer ou vencer. Para rebater o desaire com o Belenenses e para manter a equipa na corrida ativa pela liderança, esclarece Gaspar Ramos.

"É importante estabilizar a equipa, depois daquilo que aconteceu no Estádio Nacional, no jogo com o Belenenses [derrota por 2-0]. Este jogo é importantíssimo sob todos os aspetos", refere o ex-dirigente das águias.

Gaspar Ramos acredita que "foi criado um determinado estado de espírito para poder recuperar o grupo". A posição assumida por Luís Filipe Vieira em relação a Rui Vitória "foi fundamental", considera.

O próprio rui Vitória já terá incutido nos jogadores a ideia de que é necessário fazer da receção ao Moreirense "o trampolim para continuar o caminho" da reconquista do título de campeão nacional.

O Benfica-Moreirense joga-se na sexta-feira, às 20h30, no Estádio da Luz. Relato na Renascença e acompanhamento, ao minuto, em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.