A+ / A-
Sporting

Quem é Tiago Fernandes? O treinador que não precisa que lhe ensinem de futebol

01 nov, 2018 - 14:26

O treinador interino do Sporting é filho de Manuel Fernandes, velha glória dos leões, e tem longo percurso nos escalões de formação de Alcochete. Nasceu e cresceu a "respirar" futebol.

A+ / A-

Tiago Fernandes é o treinador interino do Sporting. Filho do antigo capitão dos leões Manuel Fernandes, o técnico de 37 anos fará a ponte entre José Peseiro e o sucessor. A Renascença elabora um "bilhete de identidade" do homem que diz não precisar que lhe ensinem de futebol.

"Há um Sporting antes de Tiago Fernandes e há outro Sporting depois de Tiago Fernandes. Esta equipa do Tiago Fernandes bate recordes, joga cara a cara com o Real Madrid e com o Barcelona, mostra na Europa que é melhor que qualquer equipa, não se fica e não se amedronta com ninguém", declarou o técnico, em setembro de 2017, após derrota dos sub-19 leoninos diante do Barcelona, por 1-0, para a Youth League.

Também há um Tiago Fernandes antes e depois do Sporting. Nascido a 17 de agosto de 1981, no Montijo, tornou-se futebolista bem cedo. Porém, não conseguiu fazer carreira para além das divisões inferiores e, em 2008/09, com 27 anos, já trabalhava para o U. Leiria como observador. No ano seguinte, foi adjunto do pai, Manuel Fernandes, no Vitória de Setúbal. Aí se manteve durante mais uma época, antes de rumar aos escalões de formação do Sporting, para os sub-15, como adjunto.

Queimar etapas na formação leonina

A primeira experiência de Tiago Fernandes como treinador principal foi nos sub-14 leoninos. Acabou por pendurar definitivamente as botas em 2015, com 34 anos. Foi o mesmo ano em que deu um salto significativo na escadaria da formação do Sporting, ao assumir o comando dos sub-19, entrando para o lugar de Luís Boa Morte. Foi ao antigo jogador que mandou o tal recado, após a derrota na Youth League:

"Antes de eu cá chegar, [o Sporting] era uma equipa que levava goleadas na Champions e hoje não. Somos uma equipa adulta, que bate recordes, a melhor equipa do país, somos campeões nacionais. Mostrámos com Real Madrid, Juventus, Dortmund que não somos inferiores a ninguém. O meu plano é evoluir gradualmente. Eu nasci no habitat do futebol e respiro futebol desde que nasci. É difícil chegar algum treinador e ensinar-me mais de futebol do que eu percebo, porque eu nasci neste mundo, cresci neste mundo, filho de um ex-jogador e ex-treinador, o meu habitat foi este. Podem chamar-me arrogante, mas é o que sinto. Em Portugal a minha referência chama-se Jorge Jesus e fora, Mourinho".

Em resposta, no Twitter, Boa Morte acusou-o de estar no Sporting só por ser filho de Manuel Fernandes e de ser "um verdadeiro lambe-botas".

Percurso de campeão nos juniores

Na época de estreia no comando técnico dos sub-19 do Sporting, Tiago Fernandes levou os jovens leões ao segundo lugar do campeonato de juniores, com 26 vitórias em 36 jogos, além de quatro empates e seis derrotas.

Na segunda época, foi campeão nacional, com números avassaladores: em 36 jogos, venceu 29, empatou cinco e perdeu somente dois. Na terceira e última época, voltou a ficar-se pelo segundo lugar, com 22 vitórias, sete empates e cinco derrotas em 34 partidas.

O bom trabalho nos juniores valeu a Tiago Fernandes bilhete para a equipa técnica de José Peseiro, como treinador adjunto, na equipa principal do Sporting. Quatro meses depois, tem a oportunidade de dissuadir os responsáveis leoninos de contratar outro treinador e de provar que tem capacidade para ser o principal timoneiro de uma equipa que precisa de nova voz de comando.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.