A+ / A-

Peseiro termina reunião com Varandas sem acordo para rescindir

01 nov, 2018 - 09:23

O treinador foi demitido, durante a madrugada, depois da derrota com o Estoril. Resistiu quatro meses no comando técnico dos leões.
A+ / A-

Ainda não há acordo, entre Frederico Varandas e José Peseiro, para a rescisão do contrato do treinador. Ao que a Renascença apurou, a reunião, que decorreu em Alvalade, durou cerca de duas horas e terminou sem acerto entre as partes.

A saída do técnico ficou consumada durante a madrugada, depois da derrota com o Estoril, em jogo da Taça da Liga. Peseiro foi contratado a 1 de julho, como aposta de Sousa Cintra, à data administrador da SAD, e o acordo previa, ainda, a opção de renovação por mais uma temporada.

Menos de dois meses depois de ter assumido a presidência do Sporting, Varandas despede o treinador e terá agora que chegar a acordo para oficializar a desvinculação. Entre os candidatos que se apresentaram na corrida às eleições do Sporting só Pedro Madeira Rodrigues, que acabou por abdicar da candidatura e apoiou Ricciardi, assumiu que Peseiro não seria o seu treinador.

José Peseiro deixa o Sporting no segundo lugar do campeonato, a dois pontos da liderança, no segundo lugar do grupo, na Liga Europa, com boas possibilidades de se qualificar para os 16 avos-de-final, na 4ª eliminatória da Taça de Portugal, com jogo frente ao Lusitano Vildemoinhos, e na fase de grupos da Taça da Liga, a depender da vitória frente ao Feirense e depois da diferença de golos que terá de ter em relação ao Estoril, caso a equipa canarinha vença o Marítimo, na última jornada do grupo.

[notícia atualizada às 12h00]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • José Silva
    01 nov, 2018 Paço de Arcos 17:50
    Este Varandas não tem caráter. Se não queria o Peseiro tinha afastado o treinador no dia da posse Ponham o Jaime Marta Soares como treinador.e Ribeiro Cristóvão como adjunto. Mais uns contatos com a maçonaria e garantem a manutenção.
  • Ricardo
    01 nov, 2018 Lisboa 12:24
    O Pé Zero em segundo curioso tenho ideia que vai em 5º .