A+ / A-

Portugal 2020 tem mais cinco mil milhões para investimento

23 out, 2018 - 14:15

António Costa quer um maior investimento das empresas no interior do país.
A+ / A-

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou esta terça-feira que no ano passado Portugal registou um aumento do investimento privado de 9% e adiantou que na reprogramação do Portugal 2020 há mais cinco mil milhões de euros para investimento.

"No ano passado o aumento do investimento privado no país foi de 9%. Ao Estado compete criar melhores condições para que se possa investir...Hoje, chegaram quatro mil milhões de euros para que possam investir", afirmou António Costa, em Vila Velha de Ródão, distrito de Castelo Branco, onde inaugurou a empresa Roclayer.

O primeiro-ministro sublinhou que é necessário cada vez mais que as autarquias compreendam que, satisfeitas as necessidades básicas das populações, a grande prioridade é mobilizarem-se para o desenvolvimento económico e social.

"Na reprogramação do Portugal 2020 há mais cinco mil milhões de euros para que as empresas possam continuar a investir. Queremos que invistam acima de tudo no interior. E, desses cinco mil milhões de euros, 1.700 milhões só podem ser utilizados por empresas que invistam no interior", afirmou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Esasno
    23 out, 2018 lodaçais de baixo 16:15
    Em silêncio, seguindo ordens escuras sabe-se lá de quem, os jornaleiros deixaram de referir a palavra BILIÃO nas notícias... Não vá o povo acordar para os roubos e esbanjamento que uma pequena percentagem de chico-espertos faz desde a instauração da dita "democracia"
  • João Lopes
    23 out, 2018 Viseu 16:05
    «Temos a terceira maior dívida pública entre 28 países europeus…Por falar em dívidas o endividamento total da economia portuguesa voltou a aumentar em agosto. É agora de 719,217 mil milhões de euros, mais 1,6 mil milhões de euros face ao mês anterior»: João Vieira Pereira no Expresso Curto de 23-10-2018.
  • Filipe
    23 out, 2018 évora 14:39
    A esta hora já os mesmos de sempre reuniram com os mesmos de sempre a fim de lhes ser atribuído o financiamento , adorava ver quantas empreas novas tem acesso a este montante . Calha sempre aos mesmos que desde a entrada de Portugal na CEE lá vão gerindo a compra dos Mercedes e casas da Praia . Qual investimento qual carapuça !