A+ / A-
Sub-21

Jota: "Somos mais fortes do que a Bósnia"

12 out, 2018 - 17:39

Extremo da seleção de sub-21 acredita num desafio difícil frente à Bósnia, no jogo decisivo para a qualificação para o Europeu de 2019.
A+ / A-

Jota, extremo da seleção de sub-21, falou sobre o encontro decisivo para o apuramente para o Europeu de 2019, frente à Bósnia.

Segundo o jogador de 19 anos do Benfica, a Bósnia é um adversário difícil, mas de qualidade inferior à seleção das quinas:

"Sabemos que vai ser um jogo mais competitivo, mais complicado. A Bósnia tem valências que nos podem complicar a vida, mas acho que temos uma seleção mais forte. Temos muita qualidade, este grupo é muito bom e homogéneo. Estou confiante que vamos fazer um bom resultado", disse, em declarações à Federação Portuguesa de Futebol.

Jota marcou o seu primeiro golo na seleção de sub-21 na partida frente ao Liechtenstein, momento que recorda: "Foi uma sensação fantástica conseguir fazer o meu primeiro golo pela seleção sub-21. Pude ajudar a equipa a vencer e bater um recorde importante [maior goleada de sempre no escalão]".

Portugal é neste momento líder do Grupo 8 do apuramento para o Europeu de Sub-21, à condição, visto que a Roménia tem menos um jogo disputado. Apenas o líder do grupo tem qualificação direta para a fase final, sendo que os quatro melhores segundos classificados disputam um play-off.

Jota apelou ao apoio dos portugueses para a partida decisiva frente à Bósnia, na Madeira, no Estádio dos Barreiros: "Sabemos que podemos sempre contar com os portugueses. Mesmo ontem o apoio foi fantástico, os adeptos estão connosco em todo o lado. Não tenho dúvidas que na Madeira também não nos vai faltar apoio e isso dá sempre mais alento para jogarmos melhor".

"Aproveito para apelar a um apresença massiva de público no estádio no próximo dia 16 de outubro. É o nosso último jogo da qualificação , esperamos fazer um bom resultado e proporcionar a todos um bom espetáculo de futebol", rematou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.