A+ / A-

Sérgio Conceição queria manter Waris no plantel

10 out, 2018 - 11:55

Avançado ganês de 27 anos recorda passagem pelo FC Porto e explicou o motivo da saída, por empréstimo, para o Nantes.
A+ / A-

Majeed Waris, avançado emprestado pelo FC Porto ao Nantes, admite que Sérgio Conceição queria que o ganês ficasse no plantel esta temporada.

Em entrevista ao "Get French Football News", o avançado de 27 anos explicou a saída do Dragão por empréstimo, uma decisão que foi pessoal e contra a vontade do técnico dos portistas:

"Falei com o treinador e expliquei que sabia que tinha boas propostas e que precisava de jogar regularmente. Ele queria que eu ficasse porque sabia que podia fazer várias posições e queria-me na equipa. Ele disse-me que não várias vezes, e eventualmente aceitou que eu saísse por empréstimo".

"Nos avançados do FC Porto não havia envelhecimento ou movimentos no mercado, por isso se eu ficasse, iria jogar, claro, mas não tanto quanto queria. Quero jogar todos os jogos. Foi uma decisão difícil", adicionou.

Ainda assim, Waris guarda boas recordações do emblema portista e explica como chegou ao clube:

"Foi o Sérgio Conceição que me levou para o FC Porto. Ele já sabia quem eu era quando ele estava a treinar o Nantes. Ainda joguei algumas partidas na Liga dos Campeões, estava feliz. Ganhámos o campeonato e o ambiente estava muito bom".

Waris chegou ao FC Porto em janeiro deste ano, e fez oito jogos com a camisola dos dragões, mas foi apenas titular em duas ocasiões: na derrota em Paços de Ferreira, e no empate a zero em Anfield Road, na Liga dos Campeões, jogo que recordou o forte apoio dos portistas, que, recorde-se, perderam por 5-0 na partida da primeira mão, no Estádio do Dragão:

"Quando jogámos em Anfield, as pessoas perguntaram-se se o jogo era em Liverpool ou no Porto. Foi uma loucura e fez-me sentir muito bem".

Atualmente emprestado ao Nantes, Waris falou ainda sobre o despedimento do treinador português Miguel Cardoso: "Gosto muito dele. Atacava e defendia, e se virem algum dos nossos jogos, podem ver que nós jogamos muito bom futebol. No futuro vamos mostrar o nosso valor".

Waris recusa ainda falar sobre uma possível transferência em definitivo para o Nantes: "De momento estou emprestado. As pessoas são simpáticas, os adeptos são bons e estou feliz. Quero fazer uma boa época. Mesmo que não fique aqui no futuro, quero saber que conquistei algo muito bom".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.