A+ / A-
Liga dos Campeões

Benfica regressa à Grécia. Geraldo diz que PAOK foi "bom teste" para o AEK

01 out, 2018 - 12:45 • João Fonseca

O antigo defesa, que jogou nas águias e nos gregos, aposta na equipa de Rui Vitória, no jogo da Liga dos Campeões. Embora reconheça "peso" de Jonas, aponta titularidade a Seferovic.
A+ / A-

Geraldo Alves, que representou ambos os clubes, acredita que o Benfica tem qualidade e experiência suficientes para estar em vantagem sobre o AEK, na segunda jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

A águia está de volta à Grécia. Depois de defrontar o PAOK, em Salónica, no "play off", o Benfica visitará Atenas. Geraldo Alves constata, em declarações a Bola Branca, que a eliminatória com o PAOK foi "um bom teste" para este jogo com o campeão helénico, o AEK.

Geraldo Alves confessa que a "experiência e a qualidade" das águias é suficiente para estarem "em vantagem", à partida, diante do AEK.

"A equipa é competitiva, tem um bom coletivo e um bom treinador", explica. O antigo defesa esteve três épocas no emblema helénico e avisa que o Benfica terá que ter cuidado com "os primeiros 15/20 minutos" dos campeões gregos. Depois desse período, e conseguido o equilíbrio, pode atingir o AEK com "contra-ataques e ataques rápidos".

Ausências e regressos marcam convocatória de Rui Vitória

Geraldo lamenta a ausência de Jardel, que "tem demonstrado grande qualidade" num setor marcado pelo adeus de Luisão aos relvados.

Rafa Silva é outro jogador que pode continuar no onze, mesmo com o regresso de Salvio. O argentino "dá uma dinâmica diferente e os adversários têm medo dele", mas o internacional português, que fez dois golos no empate em Chaves, tem revelado "grandes qualidades".

No ataque, o ex-benfiquista já tem menos dúvidas: a aposta deve ser de "continuidade", com Seferovic em vez de Jonas. O brasileiro precisa de ritmo, mas para Geraldo, e mesmo com o clássico com o FC Porto na mira, os jogos de Liga dos Campeões "não servem" esses propósitos.

Jonas "dá coisas diferentes" à equipa, no entanto, a sua condição deverá ser o óbice à sua titularidade, em Atenas, na terça-feira, às 20h00. Jogo com relato na Renascença e acompanhamento, ao minuto, em rr.sapo.pt.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.