A+ / A-

Centenas de peixes mortos num afluente do rio Ave

27 set, 2018 - 21:56

A informação foi confirmada à Lusa pelos bombeiros. Causas estão a ser investigadas.
A+ / A-

Os Bombeiros Voluntários das Taipas, em Guimarães, retiraram ao final da tarde desta quinta-feira "centenas e centenas" de peixes mortos de um afluente do rio Ave, na freguesia de Barco, disse à Lusa fonte da corporação.

Segundo esta fonte, os operacionais foram chamados ao local pela Câmara Municipal de Guimarães, distrito de Braga, depois de esta ter sido "alertada para a existência de um amontoado de peixes" no local.

Os peixes "começaram a aparecer mortos de manhã, mas a situação piorou durante do dia, pelo que disseram os moradores do local", explicou à Lusa outra fonte da corporação.

A causa para a morte dos animais está agora a ser investigada pelo Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) de Guimarães da GNR, ao qual os bombeiros entregaram "alguns dos peixes para análises".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.