A+ / A-

Benfica acerta renovação com Cervi

13 set, 2018 - 19:52

Extremo argentino extende vínculo contratual com as águias até 2023, em semana de estreia pela seleção principal.
A+ / A-

O Benfica anunciou, esta quinta-feira, a renovação de contrato com Franco Cervi, válido agora até 2023.

O extremo argentino de 24 anos tem estado em plano de destaque neste arranque atarefado de temporada das águias.

Semana em pleno para Cervi, que renova contrato com as águias, depois de se ter estreado pela seleção argentina.

Em declarações à BenficaTV, o médio mostrou-se naturalmente satisfeito com a renovação. "Estou muito feliz com a renovação. É uma honra muito grande que o clube continue a confiar no meu trabalho. Estou muito contente e dá-me mais confiança para continuar a trabalhar".

"Mais responsabilidade? No dia em que vestes esta camisola já tens uma responsabilidade muito grande", adicionou.

Cervi recordou o primeiro dia que vestiu a camisola do Benfica e acredita que o desempenho nas águias o permitiram chegar à seleção "albiceleste": "Estava um pouco nervoso, era um idioma novo, mas estava com muita vontade de começar a fazer o meu percurso".

"O Benfica foi muito importante para a minha convocatória. Estou muito contente por me ter estreado na seleção argentina, porque também foi um sonho tornado realidade. Foi uma experiência diferente. Tentei desfrutar de cada momento e é algo que nunca mais vou esquecer", finalizou.

Franco Cervi chegou ao Benfica em 2016/17 vindo do Rosario Central e desde então somou 86 partidas pela equipa principal, e apontou 12 golos.

[Atualizado às 21h51]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.