|
A+ / A-

​OE 2019

Marcelo acredita que "não haverá nenhuma crise no Orçamento"

20 jul, 2018 - 22:10

Presidente confiante que as ccontas para o próximo ano vão receber luz verde “na base do apoio parlamentar maioritário que o Governo tem”, ou seja, com os votos do PCP e do Bloco de Esquerda.

A+ / A-

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, acredita que vai ser possível evitar uma crise política e aprovar o Orçamento do Estado para 2019.

Marcelo Rebelo considera que as contas para o próximo ano vão receber luz verde “na base do apoio parlamentar maioritário que o Governo tem”, ou seja, com os votos do PCP e do Bloco de Esquerda.

“Acho que sim. Acho que neste momento, olhando para o saldo da sessão legislativa, tudo indica que, com mais ou menos negociações, vai acontecer aquilo que eu considero bom para o país: que não haja nenhuma crise sobre Orçamento, que entremos no ano que vem com o Orçamento aprovado, que haja eleições europeias e depois legislativas”, declarou.

O Presidente da República falava aos jornalistas na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, após a entrega dos Prémios Gulbenkian, a propósito das audiências que terá com os partidos com assento parlamentar, na próxima semana.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • JULIO
    21 jul, 2018 vila verde 19:39
    Eu penso que seria melhor uma crise e não sermos obrigados a trabalhar para chulos e parasitas
  • fanã
    21 jul, 2018 aveiro 17:09
    A Fé é a ultima a morrer, como se costuma dizer. Só que quem morre primeiro é quem a tem mesmo com Fé . Conclusão , ser Realista é melhor, assim não sofremos desilusões . O, O.E pode passar, mas a que preço para nós Zé Povo , com Centeno em Bruxelas está tudo dito !