Tempo
|
A+ / A-

Patriarca "muito feliz com nomeação de D. Tolentino" para o Vaticano

26 jun, 2018 - 23:56

D. Manuel Clemente diz que será o "melhor guardião” da Biblioteca do Vaticano.

A+ / A-

A nomeação do padre Tolentino de Mendonça para arquivista e bibliotecário da Santa Sé deixa o cardeal patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, “muito feliz”.

D. Manuel Clemente diz que a biblioteca vaticana não poderia ter melhor guardião para um espólio imenso, que vai certamente ser valorizado por Tolentino de Mendonça, elevado agora à categoria de arcebispo.

“Deixa-me muito feliz esta nomeação de senhor D. José Tolentino de Mendonça para estas funções em Roma que acabam por ser para Igreja universal, porque o acervo de biblioteca e arquivo do Vaticano é um espólio imenso e único”, afirma o patriarca.

Para D. Manuel Clemente, o padre Tolentino vai potenciar este tesouro da Igreja, “pela sua grande capacidade de criação cultural, de fazer com que o património guardado seja disponível e valorizado, para o bem de todos”.

“Há ali uma memória multisecular que tem agora no senhor D. José Tolentino o seu melhor guardião”, sublinha.

O ministro da Cultura também manifestou a sua satisfação com a nomeação feita pelo Papa Francisco. Castro Mendes elogia o trabalho intelectual e espiritual de D. José Tolentino, sublinhado ainda as suas qualidades como poeta e teólogo.

D. Manuel Clemente e o ministro Castro Mendes falavam à margem da inauguração da exposição Tesouros das Catedrais, no Palácio da Ajuda.

A exposição integra-se no programa "Rota das Catedrais". Com mais de 110 peças do século VIII até à atualidade, representa todas as catedrais do país.

A exposição foi organizada pela Direção-Geral do Património e Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja, com o apoio de mecenas nacionais.

O cardeal patriarca de Lisboa sublinha o significado destes monumentos: memória viva, a junção de culto e cultura. D. Manuel Clemente convida todos a visitar a exposição "Tesouro das Catedrais”, no palácio da Ajuda, em Lisboa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+