Tempo
|
A+ / A-

D. José Alves deseja boas-vindas ao seu sucessor, D. Francisco

26 jun, 2018 - 17:28 • Rosário Silva

O Papa nomeou D. Francisco Senra Coelho para a arquidiocese de Évora, uma igreja que o prelado conhece já muito bem.

A+ / A-

Com “um forte sentimento de gratidão para com Deus”, é assim que D. José Alves se dirige à diocese no dia em que D. Francisco Senra Coelho, atualmente bispo auxiliar de Braga, foi nomeado pelo Papa Francisco, para lhe suceder como arcebispo de Évora.

“Ao terminar a minha missão”, escreve o prelado, “agradeço, particularmente, os anos que estive à frente da querida Arquidiocese de Évora, que procurei servir com humildade, com dedicação, com fé e com amor, graças à preciosa colaboração dos presbíteros, diáconos, consagrados e de um sem número de fiéis, adultos e jovens, que generosamente colocaram as suas vidas ao serviço do Evangelho”.

Nesta sua missiva, D. José Alves lembra “Maria, Padroeira desta Arquidiocese” para agradecer “o dom maravilhoso que concedeu à Igreja Eborense, na pessoa do seu novo pastor” e que “tive a alegria de acompanhar durante o tempo de formação, ao longo do seu ministério presbiteral e sobre o qual impus as mãos no momento da Ordenação episcopal”.

“D. Francisco, seja bem-vindo a esta Arquidiocese que tão bem o conhece e tanto o estima pelo excelente trabalho pastoral que nela realizou”, são palavras de acolhimento ao novo arcebispo.

Ao dirigir-se a D. Francisco, D. José Alves afirma: “Conte sempre com a minha fraterna amizade e com a minha oração.”

A nomeação de D. Francisco Senra Coelho como arcebispo de Évora surge cerca de dois anos depois de D. José Alves, na diocese desta 2008, ter apresentado a renúncia ao cargo ao Papa Francisco, por ter atingido o limite de idade canónico, os 75 anos.

Natural de Lageosa, Sabugal, no distrito da Guarda, D. José Alves, de 77 anos, foi ordenado sacerdote na Catedral eborense, em 1966, tendo desempenhado durante quase 30 anos várias funções e cargos nesta diocese do Alentejo.

D. Francisco José Senra Coelho, até hoje bispo auxiliar de Braga, entra solenemente na Arquidiocese no dia 2 do próximo mês de setembro, às 17h00, numa cerimónia a realizar na Catedral eborense.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+