Tempo
|
A+ / A-

Papa recebe mais de 500 participantes do “Comboio das Crianças”

08 jun, 2018 - 18:05 • Ana Lisboa

Crianças vêm sobretudo de bairros problemáticos de Milão e são de diversas religiões.

A+ / A-

O Papa Francisco vai receber no sábado os mais de meio milhar de participantes no evento “Comboio das Crianças”, que nesta sexta edição é dedicada ao tema “Pequenos viajantes, grandes arquitetos”.

Mais de 500 crianças católicas, ortodoxas, muçulmanas, budistas e ateias, das periferias de Roma e de Milão, vão participar neste evento com o Papa Francisco, no Vaticano.

Este projeto pretende oferecer aos mais pequenos “que vivem em condições desfavoráveis, um dia de alegria” bem como a possibilidade de “falarem sobre alguns dos grandes problemas” da sociedade, refere um comunicado de imprensa da Santa Sé.

Este ano o tema em foco é “a requalificação urbana das periferias, com particular atenção ao olhar dos mais pequenos aos espaços e à realidade que os rodeiam”, refere a mesma nota.

Os bairros periféricos de Milão, de onde são originárias algumas das crianças, caracterizam-se “por importantes complexidades e fragilidades sociais, com significativa presença de famílias estrangeiras, altas taxas de microcriminalidade e numerosos problemas urbanísticos”.

O acolhimento às crianças de Milão vai ser feito por alunos de duas escolas dos arredores de Roma.

O ponto alto deste dia será o encontro com o Papa a quem “os pequenos viajantes contarão o percurso pedagógico realizado que os levou à descoberta dos seus bairros e à elaboração de ideias e soluções para conhecer e melhorar a qualidade de vida”.

O “Comboio das Crianças” já levou ao Vaticano, desde 2013, centenas de crianças que vivem em condições desfavoráveis, como migrantes, alunos em risco de abandono escolar, filhos de reclusos e habitantes das cidades do centro de Itália atingidas por sismos.

A iniciativa é do “Átrio dos Gentios”, a plataforma para o diálogo entre crentes e não crentes, e promovida pelo Conselho Pontifício para a Cultura em parceria com a Ferrovie do Estado Italiano.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+