Tempo
|
A+ / A-

Bispos alemães criticam colocação de crucifixos nos edifícios públicos na Baviera

30 abr, 2018 - 23:27

O cardeal Marx considera tratar-se de uma instrumentalização do crucifixo.

A+ / A-

Os bispos católicos da Alemanha criticaram esta segunda-feira a decisão, por parte do Governo regional da Baviera, de colocar crucifixos em todos os edifícios públicos da região.

A decisão foi tomada pelo primeiro ministro da Baviera, Markus Soeder, da União Social Conservadora, mas tem sido alvo de muitas críticas, com a oposição a dizer que não passa de uma medida hipócrita para tentar resgatar eleitores ao partido Alternativa para a Alemanha, de extrema direita, que tem ganho popularidade.

O presidente da Conferência Episcopal alemã, o cardeal Reinhard Marx, lamentou que o assunto não tenha sido discutido com os bispos e disse que existe o perigo de se instrumentalizar o símbolo maior cristão.

“Isto causou divisão e comoção e está a voltar as pessoas umas contra as outras”, disse Marx ao jornal “Sueddeutsche Zeitung”, adiantando ainda que a Igreja Católica preferia uma abordagem de diálogo entre diferentes religiões.

O bispo da diocese bávara de Limburg, Georg Baetzing, disse também que esta decisão teve um efeito “alienador” e que por isso não a pode apoiar.

Tudo indica que a decisão do governo regional seja agora desafiada judicialmente.

A Baviera é conhecida por ser a região com maior identidade católica na Alemanha, país que tem também uma percentagem grande de protestantes.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • JOAQUIM S.F. SANTOS
    01 mai, 2018 TOJAL 12:05
    Aproveite a maré e coloque os sacrários no centro das Igrejas, para não ter que ser os políticos a fazerem-no!!!

Destaques V+