|
A+ / A-

Nuno Artur Silva: "Os média estarão sempre em crise. E isso não é problema"

19 abr, 2018 - 01:08 • José Pedro Frazão

Em entrevista às Tardes da Renascença, o administrador cessante da RTP explica o que aprendeu e o que o desencantou na estação pública de rádio e televisão.

A+ / A-
Entrevista a Nuno Artur Silva - 18/04/2018
Entrevista a Nuno Artur Silva - 18/04/2018

O argumentista pede uma resposta nacional e europeia para obrigar plataformas como a Netflix a investir na produção própria de cada país.

Num futuro que é já amanhã "as pessoas vão pagar o conteúdo em vez de pagar o canal", avisa.

Nesta entrevista em que revela como vai regressar às Produções Fictícias, o autor defende mais apoios públicos e de fundações para "determinados tipos de jornalismo", explica a explosão das séries face ao cinema, faz a defesa da natureza "insubstituível" da rádio e acaba a reconhecer que os humoristas são hoje "líderes de opinião" em Portugal.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.