A+ / A-

Dezenas de milhares nas ruas da Irlanda contra legalização do aborto

10 mar, 2018 - 15:40

Referendo está marcado para maio. Em causa está a emenda à constituição que garante o direito à vida dos nascituros.
A+ / A-

Dezenas de milhares de pessoas desceram sobre a capital da Irlanda, este sábado, para participar numa caminhada contra a legalização do aborto naquele país, com algumas estimativas a apontar para os 100 mil participantes.

Os manifestantes pedem a manutenção da oitava emenda à constituição irlandesa, que reconhece o direito à vida do nascituro.

A caminhada surge na sequência da aprovação por parte do Governo de um referendo sobre este assunto. A questão do aborto tem dividido a opinião pública irlandesa nos últimos anos. O referendo realiza-se em maio.

A caminhada estava marcada para começar por volta das 14h, hora de Dublin, mas o início teve de ser adiado porque a organização foi informada de que havia ainda milhares de pessoas a tentar chegar ao local para participar.

Finda a caminhada haverá lugar a discursos. Entre os oradores inclui-se a presidente do movimento “Save the Eighth”, que faz campanha pela preservação da emenda. Também usará da palavra a jovem Charlie Fien, que tem trissomia 21 e é ativista contra o aborto, com particular destaque para a particular incidência do aborto para casos de diagnóstico pré-natal de trissomia, que em muitos países atinge os 90%.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.