Tempo
|
A+ / A-

Papa colabora com livros sobre mulheres e jovens

28 fev, 2018 - 15:46

Francisco escreveu o prefácio do livro “Dez coisas que o Papa Francisco propõe às mulheres” e assina o livro-entrevista “Deus é Jovem”, baseado em conversas com um jornalista de 33 anos.

A+ / A-

O Papa Francisco está preocupado com “a persistência de uma certa mentalidade machista, mesmo nas sociedades mais avançadas”.

No prefácio que escreveu para o livro de Maria Teresa Compte, “Dez coisas que o Papa Francisco propõe às mulheres”, Francisco denuncia a violência contra as mulheres “vítimas de maus tratos, tráfico e lucro”, acabando “reduzidas a objeto em certo tipo de publicidade e entretenimento”.

O Santo Padre considera necessária “um renovada investigação antropológica que inclua novos progressos da ciência e das atuais sensibilidades culturais para aprofundar cada vez mais não só a identidade feminina, mas também a identidade masculina”.

Maria Teresa Compte é diretora do mestrado sobre Doutrina Social da Igreja na Pontifícia Universidade de Salamanca. O seu livro vai ser lançado na próxima quarta-feira, em Espanha, com edição das Publicaciones Claretianas.

Livro-entrevista sobre jovens

Soube-se entretanto que vai ser lançado em breve um novo livro baseado numa série de conversas com o Papa Francisco conduzidas por um jornalista Thomas Leoncini, um jornalista de apenas 33 anos.

As conversas em “Deus é Jovem” são precisamente sobre a juventude, numa altura em que Roma se prepara para acolher um sínodo de bispos para abordar esta temática.

O lançamento será feito em simultâneo em mais de 100 países, no dia 20 de março, coincidindo com a Jornada Mundial da Juventude, e em Portugal a obra terá a chancela da Planeta.

Segundo uma nota divulgada pela editora, no livro o Papa dirige-se a todos os jovens, dentro e fora da Igreja, transmitindo “uma mensagem de libertação que atravessa o presente e desenha o futuro, construindo uma ponte entre gerações, destinado a renovar as nossas sociedades desde a raiz”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+