|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

Transportes Sul do Tejo em greve esta terça-feira

02 abr, 2013

Paralisação pode decorrer até às 14h30. Os trabalhadores acusam a empresa de recorrer sistematicamente ao trabalho suplementar não pago.

Os trabalhadores da Transportes Sul do Tejo (TST) estão em greve a partir das 3 da manhã desta terça-feira.

A paralisação prolonga-se até às 11 horas em Setúbal, Montijo e Barreiro mas nos casos do Seixal, Almada e Sesimbra a circulação de autocarros só deverá ser retomada depois das 14h30.

Os funcionários dos TST vão fazer um plenário no Laranjeiro e depois vão entregar uma resolução nas delegações da Autoridade para as Condições de Trabalho de Setúbal, Almada e Barreiro.

Os trabalhadores acusam a empresa de recorrer sistematicamente ao trabalho suplementar não pago e sublinham que cada trabalhador faz, em média, mais duas horas por dia ou seja, 500 por ano.

Além disso, diz o Sindicato dos Transportes Rodoviários, a TST não tem atribuído o descanso compensatório pelo trabalho suplementar e, no início do ano, reduziu o seu pagamento a metade.

Os trabalhadores exigem, por isso, a intervenção da inspecção de trabalho para obrigar a Transportes Sul do Tejo a regularizar a situação.