Tempo
|

Estudo

Escaravelhos usam Via Láctea para se orientarem

24 jan, 2013

Cientistas sul-africanos concluiram que insecto utiliza este método nas suas deslocações.

Escaravelhos usam Via Láctea para se orientarem

Um insecto com um cérebro minúsculo e capacidade de computação mínima tornou-se o primeiro animal que comprovadamente usa a Via Láctea para se orientar, revela um estudo publicado esta quinta-feira na revista "Current Biology". 
 
Apesar de haver outros animais que usam as estrelas como orientação, o escaravelho, cujos olhos não conseguem distinguir constelações específicas, é o primeiro que se sabe que usa a mancha luminosa criada pela Via Láctea, dizem os cientistas, da universidade de Witwatersrand, na África do Sul.
 
Essa capacidade, explicam os investigadores, permite-lhes andar a direito quando empurram as bolas de estrume que lhes servem de alimento, evitando andar em círculos e regressar ao monte de estrume, onde poderiam encontrar competidores. 
 
"Os escaravelhos não querem saber em que direcção vão, só precisam de se afastar da guerra por alimentos que continua no monte de estrume", disse o cientista Marcus Byrne, da universidade sul-africana.  
 
A equipa de Byrne já antes provara que estes insectos usam o Sol, a Lua e a luz polarizada como orientação. Nas suas experiências, colocaram 'capuzes' nos animais, impedindo-os de ver a luz.

Descobriram também que os escaravelhos sobem para cima das suas bolas de estrume, onde fazem uma "dança" de orientação que lhes permite localizar as fontes de luz e orientar-se.

Agora, novas experiências realizadas sob um céu nocturno simulado no planetário da universidade mostraram que os escaravelhos também usam a Via Láctea.

Os cientistas suspeitam que os escaravelhos têm uma hierarquia de preferência quando se trata de escolher uma fonte de luz, pelo que, se a Lua e a Via Láctea estiverem visíveis ao mesmo tempo, os escaravelhos usarão uma em detrimento da outra.