Seguro conta realizar primárias no PS até Outubro

06 mai, 2014 • Susana Madureira Martins

Para a facção do líder socialista, não há condições para realizar o debate e as eleições a meio do Verão.

A direcção de António José Seguro conta ter fechado o processo das primárias no PS para a escolha do candidato a primeiro-ministro, no máximo dos máximos, em Outubro. A comissão política do partido reúne-se hoje.

Essa é entendida como a data limite para depois os socialistas poderem concentrar-se na discussão do Orçamento do Estado de 2015. Para a facção do líder socialista não há condições para realizar o debate e as eleições a meio do Verão.

Até lá , lembram os “seguristas”, é preciso definir o universo eleitoral, arranjar uma comissão que trate do recenseamento e dos cadernos eleitorais onde caibam , para além dos militantes, os simpatizantes do PS.

António José Seguro apresenta os detalhes do processo esta quinta-feira. A direcção considera que a comissão política é competente para votar a proposta das primárias e que não é necessária qualquer mudança dos estatutos, porque se entende que a figura do simpatizante já consta das regras internas do PS e que os simpatizantes têm a possibilidade de participar em actos eleitorais externos, como é o caso da escolha do candidato a primeiro-ministro.

Pelas contas dos “seguristas”, a comissão política está controlada e considera-se que a proposta tem boas probabilidades de ser aprovada.

O lado de António Costa mantém-se na expectativa e quer ouvir o que António José Seguro tem para dizer, para depois definir a estratégia.