Tempo
|

Militares vão protestar contra "degradação das condições de vida dos portugueses"

30 jan, 2014

As três associações das Forças Armadas voltam a juntar-se para dizer que os militares não aguentam mais cortes salariais.

Militares vão protestar contra "degradação das condições de vida dos portugueses"
Militares vão protestar contra "degradação das condições de vida dos portugueses"

Os militares vão voltar aos protestos de rua e já marcaram mais uma concentração em Lisboa para 13 de Fevereiro.

As três associações das Forças Armadas voltam a juntar-se para dizer que os militares não aguentam mais cortes salariais.

António Lima Coelho, presidente da Associação Nacional e Sargentos, justifica o protesto de 13 de Fevereiro com a “autêntica violência que está a ser imposta a todos os cidadãos de uma forma absolutamente inesperada”.

“Não podemos aceitar de braços caídos esta degradação das condições de vida das famílias portuguesas, por muito que nos queiram vender que a luz ao fundo do túnel aparece”, afirma António Lima Coelho.

O protesto é organizado por três associações das Forças Armadas: oficiais, sargentos e praças.