Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022

Utentes em espera vão ter mais liberdade na escolha de hospital

26 mar, 2014

Ministro Paulo Macedo quer flexibilizar as listas, mas alerta para o risco de hospitais de proximidade poderem ficar esvaziados de pessoas e financiamento.

O ministro da Saúde anunciou que vão ser tomadas brevemente medidas para melhorar a liberdade de escolha dos utentes nas listas de espera, tanto nas consultas externas como nas cirurgias.

"Queremos tomar medidas brevemente para permitir liberdade de escolha nas listas de espera, do SIGIC (Sistema Integrado de Gestão de Inscritos para Cirurgia), nas consultas externas e nos meios complementares de diagnóstico", afirmou Paulo Macedo, na comissão parlamentar de Saúde.

O ministro alertou, contudo, para o risco de alguns hospitais de proximidade poderem ficar esvaziados de pessoas e de financiamento, o que implica cuidados especiais.

"Gostaríamos de dar passos neste sentido, mas serão passos muito cuidadosos. Temos que ver como fica a situação dos hospitais de proximidade", para não ficarem sem pessoas e sem financiamento, sublinhou.

O ministro da Saúde falou também esta quarta-feira sobre o que entende ser o consumo excessivo de medicamentos por parte dos doentes, baseando-se nos números que evidenciam um aumento de embalagens compradas entre 2013 e 2012: mais sete milhões.