Moscovo admite retaliar contra sanções norte-americanas

21 mai, 2014

Estados Unidos impuseram sanções contra 12 cidadãos russos ainda devido à situação em Kiev.

A Rússia admite retaliar contra as “infundadas” sanções impostas pelos Estados Unidos esta quarta-feira a cidadãos russos.

“Vemos a decisão da Administração norte-americana, de impor visto e sanções financeiras contra 12 cidadãos russos como infundadas e ditadas por um desejo cínico de usar a tragédia humana por objectivos políticos sem escrúpulos”, lê-se num comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

A comunidade internacional continua a protestar contra os avanços de forças pró-russas na Ucrânia e contra alegadas tentativas de destabilização do país.

Estados Unidos e ONU têm vindo a exigir que a Rússia recue e tem vindo a aprovar sanções nas últimas semanas.