|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

Inglaterra

Três mulheres libertadas depois de décadas em cativeiro

21 nov, 2013

Uma das mulheres resgatadas pelas autoridades terá estado a vida inteira em cativeiro.

Três mulheres foram libertadas pela polícia britânica após várias décadas em cativeiro em Inglaterra. As autoridades libertaram as vítimas no decurso de uma operação de combate ao tráfico humano.

Na sequência da investigação, a polícia britânica deteve um homem e uma mulher, ambos de 67 anos, suspeitos de terem mantido as três mulheres cativas e em condições de escravidão durante anos.

As três mulheres, uma malaia de 59 anos, uma irlandesa de 57 e uma britânica de 30, foram libertadas e estão altamente traumatizadas, de acordo com as autoridades, que revelaram poucos pormenores sobre o caso.

"Fomos contactados em Outubro pela associação Freedom Charity, depois de estes terem recebido uma chamada de uma mulher a dizer que era mantida contra a própria vontade numa casa em Londres há mais de 30 anos", informou a Scotland Yard, em comunicado.

"A investigação subsequente da polícia conduziu à localização da casa e, com a ajuda de uma delicada negociação da Freedom Charity, as mulheres foram resgatadas", pode ler-se ainda no comunicado, citado no jornal inglês "The Guardian". "As três mulheres, todas muito traumatizadas, foram levadas para uma casa segura."

Segundo a fundadora da Freedom Charity, Aneeta Prem, as mulheres estavam "aterrorizadas" e viviam "em perigo extremo" quando contactaram a associação. "Não acredito que os vizinhos soubessem de alguma coisa. Era apenas uma casa normal numa rua normal", acrescentou, em declarações à Sky News.

Segundo as autoridades, a mulher britânica que foi resgatado terá estado a vida toda nesta situação, embora não seja claro se nasceu na casa ou se foi levada para lá muito nova.