Tempo
|

Houve neve com o Verão à porta

18 jun, 2013

Caíram flocos de neve durante a noite e madrugada na Serra da Estrela. Meteorologistas garantem que o tempo vai melhorar, a tempo da chegada oficial do Verão.

A descida de temperatura dos últimos dias abriu portas à queda de neve na Serra da Estrela durante a madrugada desta terça-feira. Na origem do fenómeno estão ventos frios do Norte.

As baixas temperaturas e os aguaceiros ocorridos a poucos dias do início do Verão tiveram origem numa depressão, que "originou ventos de Norte que trouxeram uma massa de ar frio que costuma estar a latitudes mais a norte", explica o meteorologista Bruno Café, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), à agência Lusa.

"Esta massa acabou por vir para as nossas latitudes e fez baixar as temperaturas, nomeadamente a máxima. Tivemos também alguns dias com nebulosidade. Tudo isto fez com que se criassem condições para a possibilidade de ocorrência de queda de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela, local onde se registaram, até hoje de madrugada, 4 a 5 graus de máxima", adianta.

Não é um tempo “normal para a época", admite o meteorologista, e vai mudar a partir de sexta-feira, dia em que começa o Verão e em que se prevê um aumento da temperatura máxima na ordem do três ou quatro graus.

Hoje, a previsão aponta para "períodos de céu muito nublado, diminuindo de nebulosidade a partir da tarde na região Sul. Em termos de precipitação, vamos ter aguaceiros que vão diminuir de frequência a partir da tarde na região Sul e o vento vai soprar fraco a moderado de noroeste e moderado a forte do quadrante norte das regiões do Norte e Centro até ao final da manhã", indica Bruno Café..

A temperatura máxima deve subir um pouco.

Para quarta-feira, o céu vai continuar a ter períodos de muito nublado, os aguaceiros vão cair no Norte e Centro, mas fracos, e o vento vai soprar fraco a moderado no litoral oeste, em especial durante a tarde e nas terras altas. A temperatura máxima vai subir mais um pouco.

"Na sexta-feira é que vamos ter uma subida maior, com as temperaturas máximas a chegarem aos 25 graus em Lisboa, aos 29 no interior alentejano e Bragança e Vila Real com temperaturas entre os 23 e os 25", avança ainda o meteorologista.


Quinze regiões com risco "muito alto" de exposição aos ultravioleta
Aveiro, Braga, Faro, Funchal, Leiria, Lisboa, Porto, Porto Santo, Sagres, Santarém, Setúbal, Sines, Viana do Castelo, Santa Cruz das Flores e Horta apresentam esta terça-feira níveis "muito altos" de exposição à radiação ultravioleta (UV).

Os aguaceiros não afastam a perigosidade da exposição da pele aos UV, pelo que se mantêm as recomendações habituais para o uso de vestuário adequado, utilização de chapéu e protector solar.