Luís Filipe Vieira garante que Jorge Jesus "vai continuar" no Benfica

03 mai, 2013

Anúncio do presidente encarnado surge no dia seguinte ao apuramento para a final da Liga Europa. Treinador está em fim de contrato.

Luís Filipe Vieira garante que Jorge Jesus "vai continuar" no Benfica

Jorge Jesus vai continuar a ser o treinador do Benfica na próxima temporada. "De certeza", afiançou Luís Filipe Vieira, presidente dos encarnados, em entrevista ao canal de televisão do clube da Luz.

Um dia depois de o Benfica ter garantido a passagem à final da Liga Europa, o líder das águias recordou que, durante a última campanha eleitoral, em Outubro de 2012, tinha já adiantado que Jesus era o treinador da sua escolha.

"Como continuo, logicamente que vai continuar", assegurou Vieira, numa altura em que se especula muito sobre o futuro do técnico no comando das águias.

A renovação com o treinador, nas palavras do presidente do Benfica, está presa por "um papel". "Na altura própria, os benfiquistas saberão o que se vai passar. Ele conhece-me o suficientemente bem e eu conheço-o a ele e, basicamente, resta passar tudo para um papel", acrescentou.

Sucesso recente é "corolário" de projecto de quatro anos
Com o Benfica perto de se sagrar campeão nacional, na final da Liga Europa e na final da Taça de Portugal, o sucesso da temporada 2012/13 está perto de ser uma realidade.

Para Luís Filipe Vieira, os "erros" cometidos desde 2009, ano em que Jesus assumiu o comando técnico do Benfica, permitiram uma aprendizagem essencial para as boas prestações da equipa de futebol no presente.

"Da maneira como temos vindo a trabalhar com o Jorge [Jesus], embora com alguns erros e corrigindo esses erros, tínhamos que continuar sempre a sonhar e com objectivos claros. Este ano é o corolário disso tudo", rematou o presidente benfiquista.

O sonho de uma final com respeito
Agora, com a final da Liga Europa, vem o "respeito" mútuo entre Benfica e Chelsea.

"Com o trabalho que se tem vindo a fazer as coisas ficaram mais fáceis. Nós vamos respeitar o Chelsea, tal como eles vão respeitar o Benfica", realçou.