Tempo
|

Alunos vão ter mais férias no Natal

19 abr, 2013 • Fátima Casanova

O fim das aulas em 2014 está marcado para 6 de Junho para os alunos que vão ter exames. Para os restantes, as aulas terminam uma semana depois.

As férias do Natal vão ser mais longas no próximo ano lectivo. Passam das habituais duas para três semanas. Esta é uma das novidades da proposta de calendário escolar que o Ministério da Educação e Ciência enviou aos sindicatos e que prevê que as aulas decorram entre 13 de Setembro e 13 de Junho.

Segundo a proposta de calendário escolar, o primeiro período de aulas decorre entre 13 de Setembro e 13 de Dezembro, altura em que começa a primeira pausa lectiva para três semanas de férias.

Por norma as aulas do segundo período têm começado a 3 de Janeiro, mas em 2014 calha a uma sexta-feira, por isso as aulas só recomeçam no dia 6.

Mais uma vez, o calendário escolar volta a estar desequilibrado no que respeita à duração dos períodos de aulas.

No próximo ano, a Páscoa celebra-se a 20 de Abril e, por isso, o segundo período estende-se por mais de três meses, enquanto o terceiro período fica reduzido a mês e meio.

O fim das aulas em 2014 está marcado para 6 de Junho para os alunos que vão ter exames, ou seja, do 6º, 9º, 11º e 12º anos. Para os restantes alunos, as aulas terminam uma semana depois.

O calendário escolar para o próximo ano lectivo já inclui, pela primeira vez, as datas dos exames e da afixação das notas. No 3º ciclo e secundário, os exames realizam-se entre 17 e 26 de Junho de 2014 e as pautas serão afixadas até 14 de Julho.

Já as provas finais do 1º e 2º ciclos vão realizar-se até 5 de Maio. Há uma antecipação dos exames do 6º ano para que também estes alunos, à semelhança do que acontece com os do 4º ano, possam repetir o exame em caso de chumbo. Estes alunos com mais dificuldades podem ter o prolongamento das aulas até 4 de Julho.

Consulte aqui a proposta de calendário escolar apresentada pelo Ministério da Educação.