Tempo
|

Programa de troca de seringas nas farmácias terminou

23 nov, 2012 • Joana Bénard da Costa

Ministério da Saúde está à procura de novas parceiros, mas garante que o programa vai continuar fora das farmácias.

A Renascença avança que chegou ao fim o programa de troca de seringas nas farmácias. O director do programa nacional para a SIDA confirma o fim da parceria com a Associação Nacional das Farmácias que durava há vinte anos.

O Ministério da Saúde está agora à procura de novas parceiros, mas garante que o programa vai continuar, fora das farmácias.

O programa de troca de seringas foi uma arma fundamental na redução do número de casos de toxicodependentes infectados pelo vírus da SIDA.
 
Há vinte anos que a Associação Nacional das Farmácias assumiu esta parceria que agora chega ao fim. António Diniz, responsável pelo programa nacional para SIDA, diz que foi a ANF a manifestar vontade de não renovar mais um contrato.

O actual contrato termina a 27 deste mês, na próxima terça-feira. Fonte da Associação Nacional das Farmácias confirma que manifestou vontade de acabar com a parceria, lembrando que as farmácias estão numa situação financeira difícil e que têm agora outras prioridades.

Apesar da recusa da ANF, o Ministério da Saúde garante que o programa vai continuar, mas ainda não se sabe em que moldes.

António Diniz, director do programa nacional para a SIDA, reconhece algum atraso na definição do novo programa mas recusa a ideia de que o fim da parceria possa comprometer os progressos feitos nos últimos anos.

António Diniz garante que o Ministério da Saúde tem vontade política e verbas para a continuação do programa da troca de seringas, agora fora das farmácias.