Tempo
|

Jovens de movimentos católicos unem-se para concerto de Natal

18 dez, 2014 • Filipe d’Avillez

As receitas revertem para organizações que ajudam jovens grávidas e vítimas de paralisia cerebral.

Jovens de quatro movimentos católicos unem-se, este fim-de-semana, para dois concertos de Natal em Lisboa. O espectáculo conta com participantes das Equipas de Jovens de Nossa Senhora, da Comunhão e Libertação, do Centro Universitário Padre António Vieira e do Apostolado de Schoenstatt.

Este é o nono ano em que se realiza este concerto que, segundo o coordenador Pedro Castro, foi ganhando expressão. “Temos uma diversidade de gente que canta maravilhosamente bem. É giro comparar, pois há uns anos era levado um bocadinho mais na brincadeira mas agora as coisas estão a ficar cada vez melhores.”

Desde o início que os concertos, para além de uma dimensão lúdica e espiritual têm uma vertente solidária também. Pedro Castro explica que este ano o dinheiro angariado reverte a favor de duas instituições, a Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa e o Apoio à Vida: “A APCL faz um trabalho incrível com jovens e adultos que sofrem de paralisia cerebral. As pessoas não têm noção, mas esta doença ocupa 24/24 horas os pais dos filhos que dela sofrem. Esta associação permite que as pessoas atingidas por esta doença tenham uma vida minimamente normal, desde irem a concertos a participarem em campos de férias.”

Já o Apoio à Vida ajuda no terreno jovens grávidas em situação precária, dando-lhes alojamento, acompanhamento a vários níveis e até formação profissional, antes e depois do parto.

Este ano o concerto tem também um peso simbólico importante para os participantes, uma vez que irá ser prestada uma pequena homenagem a Luís Seabra Duque, um dos principais incentivadores das edições anteriores, que morreu este ano.

Quanto à música, Pedro Castro acredita que ninguém ficará desiludido. “Vai ser um reportório muito giro e não estamos ali para nós. Esta é a mensagem mais importante: somos completamente voluntários e estamos apenas a pôr os nossos talentos a render e da melhor maneira que sabemos, uma delas é através da música, que é um veículo enorme para passar mensagens. Nesta altura do Natal, Jesus vai nascer, e quando Jesus nasce tudo o resto é tranquilo”.

O concerto de sábado está marcado para as 21h00 e o de domingo para as 15h00, ambos na Igreja da Encarnação, no Chiado, em Lisboa. Os bilhetes custam quatro euros e podem ser comprados no local, à porta. Crianças até aos seis anos não pagam.