Tempo
|

Cardeal escocês pede perdão às pessoas que ofendeu

03 mar, 2013

Keith O’Brien admite comportamento sexual inapropriado.

O cardeal escocês Keith O’Brien, que se demitiu na segunda-feira do cargo de arcebispo devido a acusações de conduta indecente, reconheceu este domingo que teve um comportamento sexual inapropriado e pediu perdão às pessoas que ofendeu.

Em comunicado, o arcebispo admitiu condutas que ficam aquém dos padrões que se esperariam de um padre, de um arcebispo e de um cardeal.

O Cardeal Keith O'Brien era o único Cardeal britânico com idade para participar no Conclave e uma das figuras mais importantes da Igreja Católica no Reino Unido, até à sua resignação.

De recordar que Keith O´Brien se auto-excluiu do conclave que vai eleger o sucessor de Bento XVI, pelo que não vai estar no Vaticano.

Os cardeais eleitores reúnem-se a partir desta segunda-feira de manhã em congregações gerais. Destes encontros vai sair a data do próximo conclave.