Tempo
|

“Quantas palavras na nossa vida são Palavra de Deus à espera?”

02 dez, 2012

Cardeal Patriarca ordenou oito novos diáconos e apelou aos católicos para que escutem a Palavra de Deus e vivam com os olhos postos em Cristo.

O cardeal Patriarca ordenou este Domingo oito novos diáconos. Uma ocasião para D. José Policarpo chamar os fiéis a escutar a Palavra de Deus e a fazê-la realidade nas suas vidas.

“Neste primeiro domingo do Advento em que contemplamos em Jesus no seio de Maria a realização de uma promessa, de uma palavra que levou mais de 500 anos a gerar ao acontecimento que tinha anunciado, interroguemo-nos em silêncio, com o coração em Deus e em Nossa Senhora modelo de fé e de obediência, quantas palavras na nossa vida são ainda Palavra de Deus à espera, à espera daquele momento em que hão-de fazer acontecer o que anunciaram”, disse D. José Policarpo, na homilia da missa que decorreu no Mosteiro dos Jerónimos.

O Cardeal Patriarca de Lisboa salientou que o primeiro Domingo do Advento marca o início de um novo ano litúrgico, de uma nova caminhada que deve ser vivida com os olhos postos em Cristo.
 
“A caminhada que hoje começamos há-de terminar na festa de Cristo Rei do universo. Mas em cada etapa somos chamados a contemplar este mistério de Deus connosco, descobrindo a sua glória, o amor misericordioso de Deus em cada momento da sua vida”, afirmou o Cardeal Patriarca, na celebração em que foram ordenados oito novos diáconos. Destes futuros padres três estão a ser formados no Seminário dos Olivais, dois no Seminário Redemptoris Mater do Caminho Neocatecumenal, dois no Seminário de Nossa Senhora de Fátima dos Dehonianos, e o oitavo pertence à ordem dos missionários verbitas.

[Notícia corrigida às 09h26 de dia 4 de Dezembro]