Tempo
|

Israel distingue antigo Arcebispo de Florença por salvar judeus

28 nov, 2012

Segundo o Yad Vashem o cardeal “teve um papel central na organização e operação de uma vasta rede de resgate” de judeus que, de outra forma, poderiam ter sido mortos.

Israel distingue antigo Arcebispo de Florença por salvar judeus
O memorial oficial do Holocausto em Israel, o Yad Vashem, anunciou que vai distinguir o antigo Arcebispo de Florença, Cardeal Elia Dalla Costa, como “Justo entre as Nações”. Em causa está o papel desenvolvido pelo clérigo na salvação de centenas de judeus da perseguição nazi.

Segundo o Yad Vashem o cardeal “teve um papel central na organização e operação de uma vasta rede de resgate” de judeus que, de outra forma, poderiam ter sido mortos.

A rede de ajuda aos judeus de Florença começou por iniciativa do rabino daquela cidade em 1943, quando começaram as deportações de judeus italianos para campos de concentração. O cardeal ofereceu rapidamente a sua ajuda e envolveu muitos cristãos na rede clandestina.

Entre as soluções encontradas estava a abertura de mosteiros e conventos para acolher secretamente refugiados. O próprio palácio episcopal chegou a ser utilizado para dar guarida a judeus até estes conseguirem ser postos a salvo.

O Cardeal Dalla Costa morreu em 1961 aos 89 anos de idade.